Suape.png

Complexo Suape -PE

Invista no Nordeste

"A região Nordeste tem alcançado recordes em investimentos econômicos através do setor industrial". 

Fonte: Exame/abr 2020

 

A Castro é líder em desenvolvimento industrial e espera o seu contato para o início de um grande projeto.

IMPLANTE SUA INDÚSTRIA NO NORDESTE

É interessante notar o crescimento econômico do Nordeste nas últimas décadas. O Produto Interno Bruto (PIB) nordestino foi de 3,3% entre (2002 a 2015) — mais alto que o do Brasil, de 2,9% no mesmo período. Sim, “bons ventos” sopram na economia dessa grande e importante região brasileira.

Fonte: IBGE

Segue abaixo dados atualizados pelo IBGE que traz informações importantes sobre a região.

Fonte: IBGE

População Total

 57.681.000,00 

27,06% do Brasil

Urbano

73,01%

Rural

26,9%

Fonte: IBGE

PIB Região Nordeste 

(2018)

R$ 1,004 trilhão

14,35%

do PIB do Brasil

Fonte: IBGE

Média Anual de Crescimento PIB 

(2002 a 2015)

Nordeste

3,3%

Brasil

2,9%

Atração de Indústrias

Implantação de indústrias e Centrais de Distribuição para atender com mais competitividade e eficiência os 57 milhões de habitantes e mais de 1 trilhão de PIB. Para isso contamos:

  • Terrenos Industriais doados ou aquisição com subsídios (com água abundante, energia, gás, acesso rodoviário)

  • Acesso à Portos Estaduais com rotas de cabotagem nacional e rotas internacionais

  • Incentivos Fiscais Estaduais para Indústrias e Centrais de Distribuição

  • BNB Banco do Nordeste - Financiamento de Investimentos à Longo Prazo com as menores taxas do Brasil

  • SUDENE - Financiamento de Investimentos à Longo Prazo

  • Treinamento de Mão-de-Obra industrial em programas municipais, estaduais e federais

Ensino

  • Colégios , Faculdades e Universidades Federais em Padrão de Excelência no MEC.

Medicina

  • Pólos médicos de destaque nacional em Recife, Salvador e Fortaleza.

Startups e Inovação Tecnológica

  • Recife (PE) conta com o Porto Digital, que é um parque tecnológico com atuação nas áreas de tecnologia da informação, comunicação (TIC) e economia criativa. Ao fim de 2020, existiam no parque tecnológico mais de 349 empresas, institutos de pesquisa, incubadores, aceleradoras e fundos de investimentos, representando um faturamento de R$ 2,86 bilhões e empregando mais de 13 mil pessoas.